S1  s2

A palavra sutiã provém do francês, soutien gorge que significa, sustentador de seio. A origem do acessório feminino remonta os primórdios da civilização,  contando com 2000 mil anos. Na sociedade romana  mulheres já utilizavam  uma faixa de tecido por nome  Strophium, segundo o Historiador de Moda João Braga.

O item que foi motivo de tortura para muitas mulheres só começou tornar-se indispensável ao guarda-roupa feminino em 1914 pela criação da socialite de Nova York, Mary Phelps Jacob, por tornar reconhecido um exemplar de sutiã feito com lenços de seda fixados com faixas.

Uma curiosidade  o evento conhecido A Queima de Sutiãs, em 7 de setembro de1968,   não aconteceu da maneira propriamente dita.  O protesto contava com 400 ativistas do Women’s Liberation Movement que  se opunham à realização do concurso de Miss América em 1968, em Atlantic City ; Na verdade a queima da indumentária nunca aconteceu. As ativistas colocaram  na via pública sutiãs, sapatos de salto, cintas etc…; Alguém sugeriu que atirassem fogo aos objetos, mas, as mesmas não o fizeram pois  não havia permissão do local porque era  uma via pública.

Referência de pesquisa:  Revista Superinteressante.

Referência Imagem1:  A socialite de Nova  York Mary Phelps Jacob e sua criação   modelo de sutiã 1914.

Sutiãs Imagem Gratuita Pixabay